Justiça deixa cair acusação contra Cristiano Ronaldo

CR7 é portanto oficialmente inocente

  

A Procuradoria de Clark County, do Estado norte-americano do Nevada, anunciou esta segunda-feira que não levar Cristiano Ronaldo a julgamento no caso Kathryn Mayorga. A Procuradoria deixa assim cair as acusações que remontam a Junho de 2009.

“Com base na análise da informação actualmente disponível, as acusações a Cristiano Ronaldo não podem ser provadas para além de dúvida razoável. Assim, não serão feitas acusações”, informa o comunicado oficial da Procuradoria de Clark County.

Em junho, a agência Bloomberg, já tinha adiantado que a queixa teria sido retirada discretamente. Mas a revista Der Spiegel negou, dizendo que a queixa não teria sido retirada mas sim recolocada no tribunal federal do Nevada, depois de as autoridades terem tido dificuldades em notificar Cristiano Ronaldo.

A acusação teve impacto direto na imagem do capitão da Seleção Nacional de Portugal, levando mesmo a que marcas como a Nike ou a EA Sports ameaçassem distanciar-se do jogador. Cristiano Ronaldo sempre negou a acusação e disse que “é um crime abominável”.