Jovem que assassinou a colega Beatriz Lebre encontrado morto na cadeia

O advogado da família já confirmou...

  

Rúben Couto, que assassinou a colega de mestrado em Psicologia Beatriz Lebre, com quem terá mantido uma relação amorosa, foi encontrado morto este domingo à noite no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL).

O corpo do homicida de 25 anos foi detetado às 23h00. Estava a ser vigiado de hora a hora, pelo que o óbito aconteceu entre as 22h00 e as 23h00.

Rúben Couto estava na Ala D do EPL há cerca de dez dias, depois de ter saído do confinamento, devido à pandemia de Covid-19. Às 23h40, uma equipa do INEM chegou ao local para recolher o corpo.

O advogado da família, Miguel Matias, confirmou que esta já foi informada da morte de Rúben no EPL.

afwessf

Diz-nos se gostaste! A tua opinião ajuda-nos a melhorar!